Carta da Terra

"Estamos diante de um momento crítico na história da Terra, numa época em que a humanidade deve escolher o seu futuro. À medida que o mundo torna-se cada vez mais interdependente e frágil, o futuro enfrenta, ao mesmo tempo, grandes perigos e grandes promessas. Para seguir adiante, devemos reconhecer que, no meio da uma magnífica diversidade de culturas e formas de vida, somos uma família humana e uma comunidade terrestre com um destino comum. Devemos somar forças para gerar uma sociedade sustentável global baseada no respeito pela natureza, nos direitos humanos universais, na justiça econômica e numa cultura da paz. Para chegar a este propósito, é imperativo que nós, os povos da Terra, declaremos nossa responsabilidade uns para com os outros, com a grande comunidade da vida, e com as futuras gerações." (da CARTA DA TERRA)

A CARNE É FRACA (Parte 1 de 6).

A Carne é fraca é uma produção do Instituto Nina Rosa. O ducumentário foi segmentado em seis episódios,todos disponíveis na web. Em nossas postagens apresentaremos apenas três deles.Um filme a cada dia.
Em linhas gerais, o argumento central do filme aborda algumas questões muito importantes: o impacto no meio-ambiente decorrente da produção industrial da carne, maus-tratos com os animais, prejuízos à saúde devido o seu consumo excessivo; a ausencia do custo referente à exaustão dos recursos naturais na composição do preço da commodity.
O Brasil possui um rebanho de 206 milhões de bovinos em 2006.(ibge).




"A carne é fraca mas sua pegada vai longe , adentra os oceanos e desequilibra os ecosistemas.
O consumo de água para a produção da carne é algo absurdo; para se produzir 1 kg de cereais são necessários 1,3 mil litros de agua, para se produzir 1 kg de carne, 15 mil litros.
A produção de commodities como carne e grãos (soja) representam exportação de água não contabilizada no seu preço final. Muitos países já não podem produzir tais alimentos porque não tem mais água disponivel."

Um comentário:

  1. Qual o efeito do aumento da produção de carne para o meio ambiente?

    ResponderExcluir


Informação & Conhecimento